quarta-feira, 21 de abril de 2010

“Bons Mocinhos”


Eu desobedeço à ordem dos livros de história
Quando sugiro condenar todos os grandes heróis
Eles nunca salvaram a nossa verdadeira glória
Apagaram quem realmente acendia nossos faróis

Aviões atravessaram o orgulho nunca apagado
Pelo mal que ainda vai ser totalmente condenado
E as pessoas começaram a lutar por suas vidas
Mas há séculos atrás que existem essas feridas

Só os bons mocinhos vão para o céu
(Só os bons mocinhos vão para o céu)
Só os bons corações vão para o céu
(Só os bons corações vão para o céu)

E ninguém vai mudar isso na história
Pode ser apenas eu ou o melhor de você
Só os bons mocinhos vão para o céu

O homem armou crianças para salvar o mundo
E levantou a bandeira da nova ordem mundial
Ou morre o capitalismo, ou morre a terra
Ou morre toda esperança em uma nova guerra

Aviões atravessaram o orgulho nunca apagado
Pelo mal que ainda vai ser totalmente condenado
E as pessoas começaram a lutar por suas vidas
Mas há séculos atrás que existem essas feridas

Só os bons mocinhos vão para o céu
(Só os bons mocinhos vão para o céu)
Só os bons corações vão para o céu
(Só os bons corações vão para o céu)

E ninguém vai mudar isso na história
Pode ser apenas eu ou o melhor de você
Só os bons mocinhos vão para o céu

Só os bons mocinhos vão para o céu
(Só os bons mocinhos vão para o céu)
Só os bons corações vão para o céu
(Só os bons corações vão para o céu)

Só os bons mocinhos vão para o céu
(Só os bons mocinhos vão para o céu)
Só os bons corações vão para o céu
(Só os bons corações vão para o céu)

Nenhum comentário:

Postar um comentário