domingo, 6 de junho de 2010

"Eu Não Posso Esperar"


Não (ah)
Quero superar toda a minha solidão (toda nossa solidão)
Escrevendo palavras que não disse (e não imaginei)
Pensando em dias que nunca vivi (que nunca vivi com você)

Eu preciso desocupar (abrir a minha imaginação)
Encaminhar minhas tristezas (que não esqueço)
Para bem longe de você (bem longe de nós dois)

Se você quer ser o meu sol (para iluminar a esperança)
Não tente acabar com o meu dia (sem olhar para mim)
Eu não preciso de um dia igual (cansei de tudo igual)
Sim de um novo caminho (bem perto de nós dois)

Eu não posso esperar
Que as portas se abram para mim
Eu não posso esperar
Que o mundo se abra todo para mim
(Para mim)

(Eu preciso correr atrás)
(Tentar fazer aquilo que você não fez)
(Provar que posso ser muito mais)
(Que você sempre esperou de mim)

Onde eu puder vou deixar as suas marcas
Feridas que nunca conseguiram se fechar
(para mim)

Eu não posso esperar
Que as portas se abram para mim
Eu não posso esperar
Que o mundo se abra todo para mim
(Para mim)

(Meus pés precisam encontrar)
(Um lugar onde posso confiar)
(E deixar esse medo bem longe)
(Dos abraços que eu tanto preciso)

Eu não posso esperar
Que as portas voltem contra mim
E lá dentro te encontrar
Eu não posso esperar (2x)
A hora que você quiser voltar a me olhar

Nenhum comentário:

Postar um comentário